Tradução de Espanhol: 5 erros frequentes na tradução para o português

Se você quer saber quais são os erros frequentes na tradução do espanhol ao português não perca o post de hoje!

As pessoas que, atualmente, têm entre 30 e 35 anos tem a sensação de que o espanhol é quase a mesma coisa do que o português, basta incluir um diminutivo ao fim de cada palavra e pronto, por exemplo, de chiquito.

Claro, esta é a primeira visão que se tem a respeito do espanhol. Para nós brasileiros, como o espanhol na escrita é muito semelhante ao português, acabamos seguindo sempre a mesma tendência na forma de pronunciar as palavras.

Perceberemos o erro que estamos cometendo no momento em que tivermos que ler um texto completo.

Neste artigo, saiba mais sobre tradução de espanhol: 5 erros frequentes na tradução ao português.

 

Traducao de Espanhol

 

Se a sua língua nativa é o português e você precisa escrever um texto em espanhol, saiba que a coisa não é tão simples quanto parece. Não é porque você assistiu às lendárias novelas dos anos 90, como “Maria do Bairro”, “Marimar” e “Maria Mercedes” – todas estreladas pela célebre mexicana Thalia – que você se tornou um expert na língua espanhola. Até mesmo porque, apesar de terem a mesma raiz, no latim, o português e o espanhol têm muitas diferenças significativas.

Para parar com o “cueca cuela”, que tal ficar atento às diferenças na tradução do espanhol?

 

1- Sufixos em adjetivos e substantivos

O final das palavras pode ser bem diferentes na tradução do espanhol ou na tradução do português. No caso dos sufixos em adjetivos e substantivos, fique atento. Por exemplo:

  • “Contribuinte”, em português, é “contribuyente”, em espanhol.
  • “Cantor”, em português, é “cantante”, em espanhol.
  • “Liderança”, em português, é “liderazgo”, em espanhol.
  • “Cancelamento”, em português, é “cancelación”, em espanhol.
  • “Atendimento”, em português, é “atención”, em espanhol.
  • “Enfermagem”, em português, é “enfermería”, em espanhol.

 

2- Problema com os gerúndios

O problema com os gerúndios se dá também pela influência que temos do idioma inglês. Por exemplo:

  • Investigando a interferência da segunda língua na língua materna

= Investigación acerca de la interferencia de la segunda lengua sobre la lengua materna.

  • Registrando usuários

= Registro de usuarios.

 

3- Uso de preposições

Estamos bastante acostumados ao uso de preposições. Na tradução do espanhol, devemos ficar atentos, por exemplo, com os seguinte caso:

 

  • Em português, podemos dizer “ir de ônibus”, já na tradução do espanhol o certo é “ir en autobús”, “ir en avión”, “ir en coche”, “ir en bicicleta”, entre outros.
4-  Confusão no uso de verbos e frases muito compridas

Usamos o substantivo no lugar de verbos na hora de expressar uma ação. Por isso, devemos ter cuidado com frases longas na tradução do espanhol. Por exemplo:

  • A pesar del hecho de que = Aunque
  • Se llevó a cabo la inoculación = Se inocularon

 

5- Unidade de medidas e valores

Na tradução de espanhol, no caso de unidade de medidas e valores, pode ocorrer muitos erros. Um exemplo que podemos citar é a palavra “bilhão”, que em português quer dizer mil milhões. Já a palavra “billón”, em espanhol, diferentemente do que a maioria das pessoas pensam, significa um milhão de milhões, que em nosso idioma corresponde à trilhão. Por isso, a correta tradução do espanhol para bilhão seria 2 mil millones de reales.

Viu só como não é tão simples quanto parece? O espanhol pode ser um idioma muito mais complexo do que os nativos da língua portuguesa, no Brasil pensam. Para ter mais segurança na tradução de espanhol por motivos profissionais ou educativos, consulte um tradutor profissional! Ele sim pode te salvar da vergonha alheia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *