Curso Marketing Pessoal e Produção de conteúdoPowered by Rock Convert

Se você sonha em se tornar um bom tradutor de espanhol, seja por anseios profissionais ou por seu interesse no idioma, existem algumas etapas que não podem ser ignoradas.

Essa é uma profissão que cresce e ganha mais espaço no Brasil a cada dia. Afinal de contas, temos cada vez mais necessidade de compreender conteúdos produzidos em outros países.

Assim como alcançar outros mercados no exterior, quer seja na América, na Europa ou qualquer outra região que fale o espanhol. Por exemplo, embora os Estados Unidos seja um país em que o idioma oficial é o inglês, há uma grande parcela da população que fala espanhol.

Logo, existe a necessidade de tradução de diversos materiais para o espanhol.

O tradutor é o profissional que torna isso possível a partir de sua ampla compreensão de um idioma estrangeiro. No caso do espanhol estamos falando de um dos idiomas mais falados em todo o mundo.

Todos os países vizinhos ao Brasil falam espanhol. Por isso esse idioma também é extremamente valorizado no mercado de trabalho. O que significa que ser um especialista em espanhol pode lhe trazer excelentes oportunidades.

Mas, se você não sabe nem por onde começar para se tornar um tradutor de espanhol chegou ao lugar certo. Nós temos algumas dicas valiosas que servirão de impulso para que você ingresse nessa carreira tão promissora.

Leia também:

Considere as diferenças culturais

Uma das coisas mais importantes para se destacar e se tornar um tradutor de espanhol excelente é conhecer e respeitar as diferenças culturais. Muitas vezes elas podem ter impacto direto na tradução.

Por isso, é considerado de suma importância que o tradutor conheça não somente o idioma, mas tenha real interesse e curiosidade a respeito da cultura, costumes e tradições dos países de língua espanhola.

A tarefa de traduzir um material muitas vezes significa muito mais do que simplesmente achar em português os termos equivalentes em espanhol. É preciso compreender o contexto daquela produção para enriquecer o seu trabalho.

Tenha cuidado redobrado com o dialeto

Você com certeza sabe que existem diferentes tipos de “espanhol”. Eles podem ser identificados tanto pelo sotaque quanto pelas próprias palavras, que variam de um país para outro.

Então, se você quer se tornar um bom tradutor de espanhol deve ter cuidado redobrado com isso.

É importante checar sobre qual região você está traduzindo e buscar fluência nisso. As diferenças não são grandes o suficiente para causar qualquer inteligibilidade no conteúdo.

Porém, quando você usa um termo não habitual para se comunicar com um grupo de pessoas, pode soar como descuido ou mesmo desrespeito com as particularidades daquele povo.

Parece que você julgou que “todo mundo que fala espanhol é igual”, e esse pode ser um grande erro quando cometido por quem atua com tradução do idioma.

Então, antes de assumir um projeto de tradução procure saber se é espanhol argentino, europeu, mexicano etc. Com base nessa informação tenha cuidado com as particularidades que existem no idioma, conforme a região.

Leia muito, tanto em espanhol quanto em português

Ler enriquece o seu vocabulário e ajuda a melhorar a sua atenção. Por isso é uma tarefa obrigatória para quem quer se tornar um bom tradutor de espanhol.

Você pode ler livros, revistas, jornais, histórias em quadrinhos…o importante é não parar de treinar. E isso deve ser feito em ambos os idiomas.

Quando você lê em espanhol consegue encontrar novas palavras que desconhecia e compreender melhor o uso do vocabulário em diferentes contextos.

Escrita criativa e StortyllingPowered by Rock Convert

Quando você lê em português, por sua vez, consegue enriquecer a sua escrita e pode tirar dúvidas sobre grafias e empregos do idioma.

Seja o melhor escritor que você conhece:

Tão importante quanto ler é saber escrever muito bem. Para se tornar um bom tradutor de espanhol você precisa dominar o português e as diferentes técnicas de escrita.

Então, estipule uma meta: transforme-se no melhor escritor que você conhece. Esse desafio fará com que você busque sempre pela melhoria e excelência no seu trabalho.

Desenvolva paixão pela pesquisa

Pode parecer que não, mas a pesquisa também é parte fundamental do trabalho de um tradutor. Desenvolver essa habilidade é de suma importância para ter bons resultados em seu trabalho.

Quando surge uma dúvida sobre uma determinada palavra ou termo você tem a internet a seu dispor. Mas, é preciso ter cuidado para não cair em resultados ruins – Google Tradutor que o diga.

Sendo assim, ter esse feeling e essa habilidade para pesquisar é muito importante. Assim você conseguirá encontrar fontes mais seguras para tirar as suas dúvidas e enriquecer o seu vocabulário.

Ter uma especialidade é um diferencial!

Ter uma especialidade na linha de tradução pode ser um grande diferencial para o seu currículo.

Embora alguns considerem que ser especialista pode limitar as oportunidades, essa pode ser uma forma de direcionar a sua carreira, aumentar o valor de seu trabalho e valorizar ainda mais o seu currículo.

De nenhuma forma isso significa que você não deve ter habilidades para diferentes assuntos. Ser polivalente é importante, sim. Mas, a especialidade lhe dará ainda mais notoriedade e até credibilidade no mercado.

Não pare nunca de aprender!

Por fim, para se tornar um bom tradutor de espanhol, consideramos de suma importância que você se mantenha em constante crescimento e desenvolvimento.

O tradutor que considera que “já sabe tudo” o que precisa provavelmente está cometendo um erro grave. Essa é uma profissão onde o ponto crítico está justamente em nunca se considerar 100% pronto.

É uma função que demanda aprendizado e crescimento constante. Por isso você deve se manter sempre atualizado e procurar conhecer as tecnologias, aplicativos, ferramentas etc.

Passar por cursos de reciclagem com frequência é importante para se adaptar às mudanças do mercado. Além disso, acompanhe fóruns e perfis que sejam interessantes para o seu desenvolvimento profissional.

Domine ferramentas tecnológicas:

Não dá para pensar em sucesso profissional sem ter a tecnologia como sua grande aliada! Por isso é de extrema importância que você se familiarize com essas tecnologias.

Revisores e tradutores profissionais poderão lhe ajudar a ter maior qualidade na entrega e agilizam um pouco a sua produção. Mas eles nunca substituem o seu intelecto e o seu conhecimento no idioma!

Então busque incorporar essas ferramentas em seu dia a dia e em seu trabalho de modo que somem e tragam ainda mais valor para o que você produz.

Melhore sempre

A busca pela melhoria é uma característica comum em quem pretende se tornar um bom tradutor de espanhol. Busque sempre pelo melhor resultado, surpreenda o seu cliente entregando mais do que ele esperava.

Isso fará toda a diferença na construção de sua carreira! Afinal de contas, quando ele precisar contratar novamente um profissional, se lembrará de sua excelência na entrega.

Se tornar um bom tradutor de espanhol você deve pensar além do óbvio. Entregar na data certa, sem erros de digitação e um material bem revisado é o mínimo. Vá além e surpreenda seus clientes.

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais!

babbelPowered by Rock Convert

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.