Você sabia que traduzir seus conteúdos pode ser a resposta para o aumento do tráfego de seu site ou blog?

À medida que novos usuários entram na internet, maior é a demanda por conteúdo, produtos e serviços.

Com isso, as empresas possuem uma grande oportunidade de entrar neste mercado crescente e disputar pelos novos usuários.

Mas, dentre o novo público, há aqueles que não falam português. Então, o que fazer?

Neste artigo, você irá descobrir como aumentar o tráfego do seu site com tradução de conteúdo.

Como a tradução aumenta o tráfego do seu blog ou site?

Durante muitos anos, o inglês dominava a internet. Hoje, o número de falantes ainda é alto, mas a língua compete com muitos outros idiomas.

Graças a isso, os proprietários de sites começaram a pensar de forma diferente sobre a produção de conteúdo.

Hoje, ter o conteúdo traduzido para outros idiomas é um diferencial estratégico.

Veja, abaixo, a lista dos 5 idiomas mais usados na internet, de acordo com a estatística do Statista:

  1. Inglês – 25,3%;
  2. Chinês – 19,8%;
  3. Espanhol – 8%;
  4. Árabe – 4,8%;
  5. Português- 4,1%.

Observe que o português é a apenas a quinta língua mais utilizada na internet. A razão é óbvia: com exceção do Brasil, os países lusófonos não passam dos 25 milhões de habitantes.

Agora, pense o quanto um site pode lucrar se traduzir o conteúdo apenas para os dois idiomas mais falados no mundo ocidental – o espanhol e o inglês.

Se já existe tráfego e, em consequência, conversões e lucros, você poderá ampliar ainda mais seus resultados.

Como aumentar o tráfego com tradução? Vejamos…

Veja a origem do tráfego internacional

No Google Analytics, você pode ver o lugar de origem dos seus visitantes. Veja como fazer:

  • Na guia da coluna à esquerda, clique em “Aquisição” para ver o relatório;
  • Em seguida, clique em “Todo o Tráfego” e depois em “Canais”. O relatório irá mostrar tráfego direto, tráfego orgânico, tráfego pago, tráfego de referência, etc;
  • Agora, clique na opção “Dimensão Secundária”, acima da lista, para ver as origens de tráfego. No menu suspenso, procure por “País” ou escreva na caixa de busca.
  • Uma lista irá aparecer, demonstrando o tráfego orgânico de cada país. Esses são os visitantes estrangeiros mais frequentes do seu site.

7 benefícios de se contratar um tradutor

Selecione as postagens principais

A princípio, você não precisa traduzir todo o site. Você pode começar com as melhores postagens, aquelas que estão trazendo mais pessoas. Ainda no Google Analytics, veja quais os posts que mais têm resultado.

  1. Na coluna à esquerda, selecione o relatório “Comportamento”, e depois clique na opção “Conteúdo do Site”. Peça para mostrar “Todas as Páginas”;
  2. No botão “Dimensão Secundária”, selecione novamente “País” para ver quais países geram tráfego.

A lista mostrará as páginas mais populares nos países em questão. Você pode tanto traduzir as postagens como, a partir delas, criar conteúdo.

Foco no idioma

As informações sobre os países que mais visitam seu site e os conteúdos que eles preferem são importantes.

No entanto, cabe uma observação. Nem sempre o país de origem representa o idioma falado pelo usuário.

Muitos habitantes dos EUA falam espanhol ou outros idiomas, por exemplo. Portanto, para resolver esse problema, siga os seguintes passos:

  1. No Google Analytics, ao invés de selecionar “País” na dimensão secundária, pesquise também por “Idioma”;
  2. Cruze as informações obtidas para descobrir quais línguas devem ser priorizadas.

Comece a traduzir

Depois de todo trabalho de análise, é possível começar as traduções das páginas. Existem muitos plugins na internet que fazem o trabalho automaticamente.

Além disso, muitos produtores de conteúdo e agências apelam para o Google Tradutor. Contudo, isso não é o ideal, pois você está comprometendo muito a qualidade do texto.

A tradução é uma tarefa profissional, pois o tradutor tem experiência em adaptar o conteúdo.

Não basta traduzir as frases, é preciso fazer isso seguindo o sentido que o autor dá ao texto.

O tradutor automático normalmente utiliza palavras equivocadas, fora do contexto, mistura as frases e tira o sentido original. Ele não consegue dar a qualidade que o trabalho profissional de um ser humano pode dar.

O benefício é muito maior do que os custos de contratar um profissional, pois é uma pessoa que se dedica a traduzir e garantir a interpretação adequada para o falante daquela língua.

Planeje a longo prazo para traduzir

Se a tradução do site é uma tendência, é preciso estar atento aos números do crescimento da internet lá fora.

Você irá traduzir o que já tem, mas deve projetar a nova produção levando em consideração o aumento de visitas estrangeiras.

Embora a internet seja muito utilizada no mundo todo, é importante focar nos falantes de inglês e espanhol.

Atualmente, 360 milhões de pessoas têm o inglês como língua nativa e 500 milhões têm o idioma como segunda língua.

O espanhol tem 750 milhões de falantes espalhados pelo mundo. Grande parte dos falantes desses idiomas estão em países onde o mercado online só cresce.

Agora, observe que os falantes das duas línguas, somados, ultrapassam 1 bilhão de pessoas, sem levar em consideração as que falam as duas línguas.

Um site traduzido apenas para esses dois idiomas traz para você um público imenso, e que só tende a crescer. Tenha isso em mente quando planejar a produção de conteúdo de longo prazo.

Integre a tradução à sua estratégia

As possibilidades de mercado para a tradução são grandes, mas como vimos, é preciso ser estratégico. O objetivo é fornecer qualidade, e lá fora temos grandes concorrentes.

Portanto, a tradução deve ser integrada à sua estratégia como uma rotina de produção de conteúdo.

Pensando em longo prazo, avalie sempre o mercado em crescimento. Todo ano o número de usuários de internet aumenta, principalmente os falantes de espanhol, inglês e mandarim.

Mas, como nosso mercado é mais parecido com o dos países ocidentais, é importante dar ênfase aos hispanofalantes e anglofalantes.

Cada vez que você tiver conteúdo para traduzir, procure um profissional da tradução. Evite os softwares e plugins que traduzem automaticamente para não comprometer a qualidade do conteúdo, fator-chave para se posicionar bem no Google e ganhar o público-alvo.

Agora, é hora de começar a aplicar sua estratégia. Se você gostou do nosso artigo, deixe um comentário e compartilhe nas redes sociais!

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.