Curso Marketing Pessoal e Produção de conteúdoPowered by Rock Convert

Lidar com a ansiedade e até mesmo com a expectativa no começo de carreira como tradutor pode ser um problema. E, muitas vezes, isso acaba nos levando a erros na hora de escolher trabalhos de tradução.

Como resultado, você pode assumir trabalhos que não lhe interessam tanto, que não possuem uma remuneração interessante ou ainda que não condizem com a sua atuação e estão além ou aquém de suas habilidades.

Em qualquer uma dessas situações você acaba encontrando um cenário que não é assim tão favorável e pode se ver desanimado e pouco interessado em prosseguir.

Não resolve, mas acalenta saber que você não é o único a passar por isso. Muitos tradutores acabam errando na hora de escolher seus “jobs” e por isso se sentem frustrados com a carreira.

Uma forma de diminuir o impacto disso em sua profissão, é justamente conhecendo os erros mais comuns na hora de escolher trabalhos de tradução e saber exatamente como você pode evitá-los.

Evite erros

Você se formou, conseguiu a certificação necessária para trabalhar e agora está prestes a começar. Chegou a hora de assumir seus primeiros trabalhos e você nem sabe por onde começar? Veja alguns erros que você deve evitar!

  • A pressa é a inimiga da perfeição – e da tradução!

É comum que os tradutores iniciantes tenham vontade de trabalhar imediatamente e muitas vezes não se atentam na hora de filtrar as oportunidades.

Então, a primeira dica que podemos dar é: tenha calma. Não adianta você sair disparando o seu currículo para todas as oportunidades sem qualquer discernimento.

Escolha vagas para as quais você realmente tem possibilidade de assumir. Se a oportunidade pede um tradutor com vivência no exterior e você nunca passou por isso, talvez não valha a pena se candidatar.

Isso diminuirá muito a sua frustração com os retornos negativos. Não significa que você não será mais recusado – é preciso aprender a lidar com isso.

  • Comprometer-se com prazos menores do que consegue lidar:

Também é frequente que na hora de escolher projetos de tradução alguns profissionais negociem prazos menores do que conseguem arcar, simplesmente porque acreditam que fazer “rápido” seja um fator competitivo.

Sim, o prazo muitas vezes conta bastante para que você consiga assumir um trabalho. A agilidade pode ser um fator competitivo, mas a honestidade é ainda mais importante.

De que adianta garantir ao seu cliente que entregará em 1 semana se o que você consegue é entregar isso em 1 mês? Frustrar as expectativas de um cliente é a pior coisa que você pode fazer.

Então, na hora de escolher projetos de tradução, seja honesto e claro com relação ao seu ritmo de produção e quaisquer outros detalhes que você precise pontuar antes de começar a trabalhar.

Leia atentamente as diretrizes do cliente e elimine dúvidas

Entenda uma coisa: o cliente nem sempre sabe exatamente o que ele quer. Um exemplo disso é o fato de que muita gente desconhece que existem diferentes tipos de tradução e acredita que todos os tradutores podem assumir qualquer trabalho.

Como profissional você bem sabe que isso não é verdade. Existem tradutores de espanhol que trabalham com tradução juramentada, tradução literal, tradução livre etc. Para alguns desses casos, inclusive, existem qualificações específicas.

Então, antes de simplesmente assumir um projeto, leia atentamente quais são as demandas desse trabalho e certifique-se de que você pode assumi-lo.

Lembre-se de que nem sempre o cliente tem certeza do que ele precisa. É aqui que entra sua capacidade de atender bem ao cliente, como um tradutor profissional faz. Oriente o cliente sobre o que é melhor para ele e para o projeto.

Então, se você não é um tradutor juramentado e recebe uma proposta incrível para um trabalho desse tipo, por mais tentador que seja, o correto é informar o cliente de que ele tem uma demanda com a qual você não pode cumprir.

Escrita criativa e StortyllingPowered by Rock Convert

Pense nesse tipo de postura não como uma perda de trabalho, mas sim como o firmamento de uma parceria, como a construção de sua reputação.

Ser honesto com o cliente servirá para construir uma relação de confiança que com certeza ele considerará em outro momento, quando precisar contratar novamente um tradutor.

Leia também:

Opte por trabalhos bem remunerados

Naturalmente todos os tradutores querem ganhar bem por seus trabalhos. Mas, é bem comum que em início de carreira, o tradutor acabe dando preços inferiores com medo a perder clientes e oportunidades.

Com isso, para ter uma média salarial decente, você precisará realizar muitos trabalhos e isso poderá prejudicar, inclusive, a qualidade de seu trabalho.

Tão importante quanto selecionar bem o que você quer e pode traduzir é aprender a escolher os preços corretos para cada trabalho. Para isso, busque informações em grupos de tradutores ou siga a tabela do SINTRA.

Mas, tente escolher os trabalhos sempre considerando isso: qual é a remuneração? O que está sendo pedido está de acordo com o valor cobrado? Outro profissional cobraria esse mesmo valor?

O trabalho de tradução requer muito cuidado e demanda qualificações muito específicas. Sendo assim, quem contrata esse tipo de serviço, normalmente, está em busca de qualidade.

Se você pode entregar essa qualidade tão esperada pelo cliente, então também pode – e deve – cobrar por ela. Saber precificar o seu trabalho é uma das coisas mais importantes para se manter na carreira.

Tipos de trabalhos de tradução que valem a pena rejeitar

Agora que você já conhece alguns erros comuns na hora de escolher um trabalho de tradução é hora de falarmos sobre outra coisa importante: os trabalhos que você deve evitar e que quando surgem são uma cilada na certa.

  • “Traduz isso para mim e eu divulgo o seu nome”:

Na maioria das vezes esse tipo de oferta é feito por pessoas que não têm qualquer alcance verdadeiramente interessante para o seu trabalho.

É claro que vale a pena trocar o trabalho por uma divulgação, mas, somente se isso realmente trouxer algum retorno.

Pode ser mais interessante trabalhar esse tipo de permuta com profissionais de marketing digital que possam melhorar o alcance de suas redes sociais, por exemplo.

O importante aqui é evitar traduzir coisas em troca de serviços que, na verdade, não lhe trarão nenhum benefício. Se você não vai receber por isso, então precisa ter outra moeda de troca interessante.

Desconfie de ofertas estranhas.
  • Outros tradutores recusaram ou abandonaram o projeto:

Quando um cliente oferece a você um trabalho que foi recusado por outros tradutores, ou que foi abandonado por um profissional de tradução, vale a pena investigar o que aconteceu.

Tente descobrir o que levou a esse quadro. Pode ser que o projeto tenha algum problema grave, ou o cliente seja uma pessoa intratável. Tente descobrir o porquê da recusa antes de aceitar.

A tradução é linda e, ser tradutor é maravilhoso. Evidentemente, encontraremos algumas pedras pelo caminho. Nossa obrigação é fazer dessas pedras um grande edifício e ter o cuidado de não tropeçar nelas.

Esperamos que este artigo seja útil! Até o próximo post.

babbelPowered by Rock Convert

3 thoughts to “Erros na escolha de Trabalhos de Tradução

  • Ana Luiza Brown

    Obrigada pelas dicas! Estou começando na carreira e já me ofereceram uns trabalhos estranhos que teriam sido perda de tempo

    Responder
  • Marta Marques

    Excelente dicas!!!
    Estou fazendo Tradutor Intérprete, e suas dicas estão sendo maravilhosas para eu começar a minha jornada nesta profissão tão incrível!!! Parabéns!!

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.