A tradução de piadas ou do humor é um grande desafio para o tradutor profissional.

A maioria das pessoas acredita que as piadas não passam de historinhas cômicas, cuja única função é aliviar o estresse e a tensão do dia a dia.

No entanto, elas representam algo mais profundo e já foram até tema de estudo de nomes renomados como Sigmund Freud, por exemplo.

Immanuel Kant, filósofo prussiano, por sua vez, afirmou que somente três elementos são capazes de nos fortalecer contra os percalços da vida: o sono, a esperança e o riso.

Portanto, para traduzir piadas é preciso muito mais que conhecimento da língua, é preciso também conhecimento histórico.

Com o crescente avanço dos métodos de investigação do cérebro, é possível compreender os inúmeros benefícios trazidos pelo sorriso.

Além de liberar endorfina, aliviando nossa tensão e até mesmo melhorando nossa pressão arterial, o riso também nos torna mais propensos a aprender.

Trazendo para o nosso ligado à idiomas, veremos como isso facilita o aprendizado de idiomas.

A tradução de piadas do espanhol ao português

A tradução de humor, piadas, assim como de gírias e expressões idiomáticas, é uma das tarefas mais difíceis de um tradutor.

Porque essas expressões são muito peculiares em um povo, sendo fundamentais para compreender as nuances culturais dos nativos da língua, bem como para exercitar a compreensão estrutural, vocabular e gramatical.

Conhecer piadas em espanhol fará com que você não apenas aprimore o idioma, mas também tenha um entendimento cultural mais amplo.

A tradução de piadas é um grande desafio, mesmo para os tradutores experientes, pois muitas vezes é necessário adaptar palavras e expressões, para que façam sentido no idioma final.

O humor espanhol, por exemplo, é caracterizado por ‘chistes cortitos’, ou seja, piadas curtinhas, com trocadilhos impetuosos, jogos de palavras e muito duplo sentido.

Neste artigo, selecionamos algumas piadas espanholas, com sua respectiva tradução logo abaixo.

Elas não só farão você se divertir, mas também contribuirão para que você aprimore seu conhecimento do idioma, se familiarize com o humor hispânico e perceba as sutilezas necessárias para traduzir corretamente essas construções populares tão significativas.

Leia também:

Piadas espanholas e seus equivalentes na língua portuguesa

La maestra al alumno:

– ¿A cuántos grados hierve el agua?

– A 90 grados.

Interrumpe un compañero:

– ¡Qué burro!, lo que hierve a 90 grados es el ángulo recto. 

Tradução:

A professora ao aluno:

– A quantos graus ferve a água?

– A 90 graus.

Um colega interrompe:

– Que burro! O que ferve a 90 graus é o ângulo reto.

  • – ¿Sabes las dos palabras que te abrirán muchas puertas en el mundo? Tire y empuje.

Tradução:

Você sabe quais são as duas palavras realmente capazes de abrir portas para você no mundo? Empurre e puxe.

  • Una mujer entra a toda prisa en una tienda…

¡Deme una ratonera! ¡Rápido que quiero coger el autobús!

– ¡Tan grandes no las tenemos!

Tradução:

Uma mulher entra muito apressada em uma loja…

– Me vê uma ratoeira! Rápido, pois preciso pegar o ônibus!

– Desse tamanho nós não temos!

  • ¿Cuál es el colmo de un astronauta?
    Estar cerca de las estrellas y no poder pedirles un autógrafo.

Tradução:

Qual é o cúmulo para um astronauta?

Estar perto das estrelas e não poder pedir um autógrafo a elas.

  • Un moro vendiendo sillas:
  • ¿Cuánto cuestan?
  • Mil ‘setecientas’
  • ¿Y si no me siento?

Tradução:

Um mouro vendendo cadeiras:

leadlovers2Powered by Rock Convert
  • Quanto custa?
  • Mil setecentas.
  • E se eu não me sentar?

Na Espanha, os bascos possuem fama de serem muito rudes, ‘machões’ ou arrogantes. Seguem abaixo alguns chistes sobre bascos:

  • En una entrevista de trabajo para escoger taladores de árboles están un brasileño, un estadounidense y un vasco.

Entrevistador: Y ustedes, ¿qué experiencia tienen?

Estadounidense: Pues yo estuve en Canadá cortando árboles en el Norte.

Brasileño: Yo estuve en Brasil, en la selva Amazónica.

Vasco: Pues yo estuve en el Sahara.

Entrevistador: ¡Pero si en el Sahara no hay árboles!

Vasco: ¡Eso es ahora!

            Tradução:

Numa entrevista de emprego para selecionar lenhadores, estão um brasileiro, um americano e um basco.

Entrevistador: Que experiência vocês têm?

Americano: Eu estive no Canadá, cortando árvores no Norte.

Brasileiro: Eu estive no Brasil, na selva Amazônica.

Basco: Eu estive no Saara.

Entrevistador: Mas não existem árvores no Saara!

Basco: Agora, não mais!

  • Un maestro de arte visita la exposición de un joven pintor:
    – ¿Así que usted pintó estos cuadros?
    – Sí, maestro, así es.
    – Joven, su obra me recuerda a Beethoven.
    – ¿Beethoven?, ¡Pero si Beethoven no era pintor!
    – ¡Ni usted tampoco!

Tradução:

Um professor de arte visita a exposição de um jovem pintor:

– Você que pintou esses quadros?

– Sim, professor, fui eu mesmo.

– Jovem, sua obra me lembra Beethoven.

– Beethoven? Mas Beethoven não era pintor!

– Nem você!

9)   – ¿Mamá, mamá… Puedo ir a una fiesta de 15 años?

– No, hijo, es demasiado larga.

            Tradução:

  • Mamãe, mamãe… Posso ir a uma festa de 15 anos?
  • Não, filho, vai ser muito demorada.
  1. El guardia al conductor borracho:
  2. ¿Me da su permiso de conducir?
  3. Sí, conduzca, conduzca…

Tradução:

O guarda de trânsito para o carro de um motorista bêbado:

– Pode me dar sua licença para dirigir?

– Sim, dirija, fique à vontade…

  1. – Doctor, doctor, desde ayer, veo elefantes azules por toda parte.
  2. ¿Ha visto a un psiquiatra?
  3. No, solo elefantes azules.

Tradução:

  • Doutor, doutor, desde ontem, para onde quer que eu olhe, só vejo elefantes azuis.
  • E o senhor já viu um psiquiatra?
  • Não, só elefantes azuis mesmo.

  • – Doctor, cada vez que tomo un café con leche me duele el ojo derecho.

–  Quita la cucharilla de la taza, Manolillo.

Tradução:

  • Doutor, toda vez que tomo café com leite, sinto dor em meu olho direito.
  • Então tire a colher de dentro da xícara, Manolinho.
  1.  – Les voy a contar unos chistes de gallegos
  2. Pues, señor, le aviso que yo soy gallego…
  3. No importa, yo se los explico luego.
  • Vou contar umas piadas de galego para vocês.
  • Mas, senhor, já vou avisando que sou galego…
  • Não tem problema, darei a explicação logo em seguida.

O espanhol e as piadas

Vemos nesse caso, que, aparentemente, os espanhóis têm certa implicância com seus conterrâneos da região espanhola conhecida como Galiza.

Os galegos têm dialeto próprio e certas peculiaridades culturais, e enfrentam certo preconceito por parte do restante da Espanha.

Essa rivalidade já vem de muito tempo e, como pode ser visto, se reflete nas piadas.

Após essa breve exposição de piadas espanholas, é possível perceber o quão importante são esses chistes para a cultura de um povo.

Eles vão muito além do simples humor: também exprimem identidade, rivalidade, sarcasmo, desavenças históricas etc.

É importante notar também que, na maioria das vezes, é necessário fazer adaptações para que a tradução de piadas e do humor mantenha seu sentido original, a fim de evitar que esses chistes tão representativos percam a graça no idioma final.

Portanto, compreender essa forma de expressão é fundamental para estudantes do idioma e, principalmente para tradutores, que precisam conhecer a fundo os aspectos culturais, sociais, históricos e regionais de um povo.

E você, conhece algumas piadas interessantes entre a língua portuguesa e a espanhola? Compartilhe conosco aqui no blog.

leadloversPowered by Rock Convert

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.