Curso Marketing Pessoal e Produção de conteúdoPowered by Rock Convert

Você já deve saber que o LinkedIn é a rede social mais popular em relação a relacionamento profissional. Trata-se de uma plataforma que auxilia pessoas e empresas a procurarem ou anunciarem vagas de emprego, expandirem seu networking, fazerem parcerias e muito mais.

O que muitos tradutores freelances ainda não sabem é que, se bem utilizado, também é uma ferramenta de marketing muito útil para prospectar clientes, aumentando a credibilidade e autoridade no mercado.

No entanto, como acontece com a maioria das atividades de marketing digital, é fundamental ter uma presença online ativa para que seja possível aproveitar todos os benefícios dessa poderosa ferramenta.

Neste artigo, daremos 10 dicas de como potencializar sua carreira como tradutor freelancer usando o LinkedIn, mas antes, é importante acabar com alguns mitos.

Leia também:

Quebrando Mitos sobre o LinkedIn

1 – LinkedIn não passa de um currículo online

Se você pensa dessa forma, você está cometendo um grande equívoco, pois a plataforma é MUITO mais que isso. Para começar, o LinkedIn é uma rede social, portanto, você precisa mostrar muito mais do que apenas seus feitos profissionais e qualificações acadêmicas para ter um perfil de destaque.

Você deve interagir, aumentar seu engajamento e compartilhar conteúdos relevantes se quiser se estabelecer.

Dessa forma, o LinkedIn também leva em conta um conjunto de habilidades sociais e, para muitos clientes e empresas, isso é muito mais importante atualmente do que o CV por si só.

2 – Já tenho muitos clientes, não preciso administrar mais uma rede social

Atualmente, o LinkedIn tem quase 500 milhões de usuários em todo o mundo, portanto ter um perfil completo e otimizado só vai ajudar em sua carreira, independentemente de seu momento profissional.

Através de uma pesquisa da própria plataforma, foi comprovado que cerca de 65% de seus usuários não estão em busca de emprego ou clientes, mas estão ali para marcar presença e se estabelecer em seu nicho.

3 –É preciso ser sério

É claro que você deve ser sempre muito profissional, mas isso não quer dizer que você deva agir como um robô e deixar sua personalidade de lado afinal – mais uma vez- trata-se de uma rede social.

Portanto, mostre quem você é e torne sua marca pessoal ainda mais interessante e atrativa.

4 – Não se deve conectar com desconhecidos

Isso é outro grande erro, especialmente no caso de tradutores freelancer. Quanto maior for seu número de contatos, melhor. Evidentemente, nem sempre quantidade significa qualidade.

Conectar-se com outros tradutores pode ser útil para trocar conhecimentos e até para realizar parcerias, porém seu objetivo final deve ser atrair potenciais clientes.

Alguns profissionais costumam entrar em uma bolha e não querem expandir-se. Você não precisa limitar-se a somente fazer conexões com outros tradutores. As oportunidades podem estar onde menos se espera.

Agora que já desmistificamos alguns conceitos equivocados sobre o LinkedIn, vamos ao que realmente interessa: como ter um perfil campeão na rede.

10 Dicas para criar um Perfil de Sucesso no LinkedIn

Foto do Perfil

Em primeiro lugar opte por uma foto sua recente, de boa qualidade (não pixelada) e com uma aparência profissional. Isso não significa que você necessariamente precise estar sério. Você pode estar sorrindo e demonstrando aspectos de sua personalidade.

Dê preferência a fotos de fundo claro e com ‘close up’, afinal, seus olhos farão a conexão com seus visitantes.

Escrita criativa e StortyllingPowered by Rock Convert

De acordo com o próprio Linkedin, perfis com fotos de alta qualidade têm 14 vezes mais visualizações. Dessa forma, vale a pena dedicar um tempo nessa etapa.

Imagem de Capa

Imagem de capa é aquele plano de fundo localizado no topo de seu perfil. Pesquisas apontam que, em média, as pessoas gastam cerca de 7 segundos antes de decidirem se continuarão visualizando seu perfil.

Dessa forma, o topo da sua página deve ser otimizado a fim de capturar a atenção e despertar o interesse de clientes em potencial.   

Em primeiro lugar, você deve escolher uma imagem de capa relacionada com sua profissão, com o serviço que você está oferecendo ou com sua área de especialização. A imagem deve ser atraente e de fácil entendimento.

Você pode ainda utilizar programas de design online para criar designs personalizados, como o Canva, que é gratuito. Com ele, você pode criar uma imagem de capa exclusiva que valorize ainda mais seu perfil sob uma perspectiva profissional. Seja detalhista nesta etapa, como um bom tradutor deve ser.

Headline (Título)

Neste campo, você tem 120 caracteres para chamar a atenção dos visitantes. Juntamente com sua foto e imagem de capa, essa é a etapa final de seu “outdoor” profissional.

Seja objetivo e estratégico. Uma última dica: não escreva seu título em letras maiúsculas.

Adicionar Sumário

Não deixe de preencher este campo. Essa é a hora de realmente “vender seu peixe”. Você deve fazer uma breve apresentação, mencionar seus anos de experiência no setor e sua área de especialização, por exemplo “atualmente, trabalho como tradutor freelancer para agências de audiovisual, setor em que me especializei”.

Você também deve ressaltar suas habilidades, além de suas maiores conquistas profissionais. Reitere os pares de idiomas com os quais você trabalha e o que você pode oferecer como diferencial aos seus clientes.

Trabalhos Realizados

Freelancers devem prestar especial atenção a esse campo. Você só deve incluir o nome de seus clientes caso eles autorizem. Caso contrário, você deve optar por descrições mais abrangentes como “traduções técnicas do português para o espanhol de teses na área médica”, por exemplo.

Atualize suas Competências Frequentemente

Seu objetivo final no LinkedIn é, obviamente, ser encontrado. Portanto, mantenha suas competências sempre atualizadas e adicione o máximo de palavras chaves relacionadas à tradução e à sua área de especialização. Peça também para que seus colegas ou ex-colegas de trabalho escrevam recomendações de competência, endossando assim suas habilidades.  

Solicite Depoimentos

Depoimentos ajudarão você a atrair mais clientes, então não tenha vergonha de pedi-los.

Informe ao referido contato que você está atualizando seu perfil e adoraria poder contar com o depoimento dele ou dela com referência à qualidade do serviço que você realizou. Não é recomendável enviar a mensagem padrão do site.

Crie perfis em outros idiomas

No caso específico dos tradutores, é importante ter perfis em mais de um idioma, afinal, assim você poderá atrair clientes de várias partes do mundo e aumentar seu alcance. E o melhor de tudo: o LinkedIn permite que você tenha perfis em vários idiomas dentro da mesma URL.

Mantenha-se ativo: Crie conteúdo constantemente

Mais uma vez, é importante recordar: o LinkedIn é uma rede social, portanto, seja tão ativo nele como você é no Facebook, por exemplo. Comece publicando algo pelo menos uma vez por semana e vá aumentando sua atividade progressivamente. O conteúdo de seus posts deve gerar valor agregado para potenciais clientes e não para outros tradutores!

O engajamento aqui também é importante, afinal, essa é outra maneira de se manter no radar de seu público-alvo. Portanto, além de criar posts interessantes, não deixe de comentar e interagir com publicações relevantes.

Tenha um perfil o mais completo possível

Preencha o máximo de campos que puder. Um perfil com muitas informações demonstra autoridade e aumenta sua credibilidade junto a seus visitantes.

Além disso, quanto mais completo for o seu perfil, mais pessoas irão achá-lo. Portanto, deixe a preguiça de lado e exiba todo o seu potencial.

Conclusão

Como pudemos ver, o LinkedIn é uma plataforma social extremamente útil para tradutores freelancers – novatos ou experientes. Ele tem revolucionado a abordagem do mundo online corporativo e vem crescendo cada vez mais, sendo uma ferramenta de marketing muito poderosa, pois além de servir como vitrine profissional, também possibilita a prospecção de clientes e parceiros nos quatro cantos do mundo.

Portanto, crie um perfil completo, faça conexões, entre em grupos de discussão, publique assuntos relevantes com frequência e interaja o máximo possível. Mostre ao mundo que você é bom no que faz! Você só tem a ganhar.

babbelPowered by Rock Convert

One thought to “LinkedIn para Tradutores”

  • TANGRAM

    Excelente conteúdo Rosane! Vamos aproveitar suas dicas e revisar nosso perfil. Falando em engajamento, não poderíamos deixar de Lembrar que o perfil do Linkedin nos oferece métricas que podemos consultar periodicamente, e até baixar em forma de planilha. Uma análise breve destes dados pode ser instrumental em sabermos o que mais desejam nossos clientes e colaboradores!

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.